Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Alegado mandante e três assaltantes mortos em tentativa de golpe em São Tomé

Militares detiveram, nas suas respetivas casas, o ex-presidente da Assembleia Nacional Delfim Neves e Arlécio Costa, antigo oficial do 'batalhão Búfalo'.
Lusa 25 de Novembro de 2022 às 14:28
Assalto (imagem ilustrativa)
Assalto (imagem ilustrativa) FOTO: Getty Images
Um dos alegados mandantes da tentativa de golpe de Estado em São Tomé e Príncipe, ocorrida esta madrugada, e três dos quatro assaltantes do quartel, morreram, disse à Lusa fonte ligada ao processo.

As Forças Armadas detiveram quatro homens, civis, que, cerca das 00h40 (hora local, mesma hora em Lisboa), atacaram o quartel militar, alegadamente para roubar armamento, numa operação que ficou resolvida perto das 06h00, após intervenção dos fuzileiros.

Ao início da manhã, os militares detiveram, nas suas respetivas casas, o ex-presidente da Assembleia Nacional Delfim Neves, atualmente deputado pelo movimento Basta, e Arlécio Costa, antigo oficial do 'batalhão Búfalo' que foi condenado em 2009 por uma tentativa de golpe de Estado, alegadamente identificados pelos atacantes como mandantes.

Estado São Tomé e Príncipe política defesa forças armadas crime lei e justiça polícia
Ver comentários
C-Studio