Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

União Africana lamenta morte de Robert Mugabe. Foi um ícone da luta de libertação em África

Ex-Presidente do Zimbabué morreu esta quinta-feira aos 95 anos.
Lusa 6 de Setembro de 2019 às 10:20
Robert Mugabe morreu aos 95 anos
Robert Mugabe
Robert Mugabe
Robert Mugabe
Robert Mugabe morreu aos 95 anos
Robert Mugabe
Robert Mugabe
Robert Mugabe
Robert Mugabe morreu aos 95 anos
Robert Mugabe
Robert Mugabe
Robert Mugabe

O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, lamentou esta sexta-feira a morte do ex-Presidente do Zimbabué Robert Mugabe, recordando-o como "um ícone" da luta pela libertação em África.

"Foi com imensa tristeza que tomei conhecimento do falecimento do antigo Presidente Robert Mugabe", escreveu Moussa Faki Mahamat, numa publicação na sua conta oficial na rede social Twitter.

O ex-Presidente do Zimbabué Robert Mugabe morreu esta quinta-feira aos 95 anos, cerca de dois anos após renunciar ao cargo que ocupou durante 37 anos, anunciou o atual chefe de Estado, Emmerson Mnangagwa.

Também o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, saudou esta sexta-feira Mugabe como "um combatente da liberdade" e um "campeão da causa africana contra o colonialismo", após o anúncio da morte do antigo chefe de Estado do Zimbabué.

"Os sul-africanos associam-se ao povo e ao Governo do Zimbabué enlutados pela morte do combatente da liberdade e campeão da causa de África contra o colonialismo", disse Cyril Ramaphosa, em comunicado.

União Africana Robert Mugabe Moussa Faki Mahamat África UA política direitos humanos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)