Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

ONU considera que compra de vacinas em conjunto foi "marco histórico" para África

Iniciativa da União Africana referente à compra de 400 milhões de doses.
Lusa 15 de Setembro de 2021 às 17:45
Vacinas Covid
Vacinas Covid FOTO: REUTERS/Sarah Meyssonnier
A Comissão Económica das Nações Unidas para África (UNECA) considerou esta quarta-feira que a compra de vacinas contra a covid-19 em conjunto pelos países africanos foi "um marco histórico", mas alertou que o continente está longe da imunidade de grupo.

"A iniciativa da União Africana referente à compra de 400 milhões de doses de vacinas para os membros da UA e os países das Caraíbas, anunciada em agosto, foi um marco histórico para África", escreveu a diretora executiva da UNECA num texto publicado no 'site' desta organização.

"O surgimento da pandemia esmagou os sistemas de saúde do continente, originando o maior golpe económico dos últimos 25 anos, mas com a implementação da compra conjunta de vacinas, pela primeira vez os países africanos juntaram os seus esforços financeiros e diplomáticos e falaram como um grupo unido e forte na mesa das negociações para a compra de vacinas", destacou Vera Songwe.

UNECA ONU África Comissão Económica das Nações Unidas política
Ver comentários