Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Presidente da CEDEAO abre cimeira sobre situação no Mali

Mahamadou Issoufou considera situação grave e que terá consequências em termos de segurança para a região.
Lusa 20 de Agosto de 2020 às 15:30
Mali foi alvo de golpe de Estado na terça-feira
Mali foi alvo de golpe de Estado na terça-feira FOTO: Getty Images
O Presidente do Níger, país que preside à Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), abriu a cimeira sobre o Mali considerando que a "situação é grave" e que terá consequências em termos de segurança para a região.

"Temos, portanto, perante nós uma situação grave cujas consequências em termos de segurança para a nossa região e para o Mali são óbvias", disse Mahamadou Issoufou, no discurso de abertura, citado pela agência de notícias France-Presse.

"Esta situação é um desafio para nós e mostra-nos o caminho que falta percorrer para o estabelecimento de instituições democráticas fortes no nosso espaço". 

O Níger, país vizinho do Mali, onde o Presidente Ibrahim Boubacar Keita foi preso na terça-feira por militares, na sequência de um golpe de Estado, preside atualmente à organização regional com 15 países membros.

CEDEAO Mali Níger Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental diplomacia política
Ver comentários