Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Primeiro-ministro da Costa de Marfim morre na Alemanha vítima de cancro

Morreu em Friburgo, no sudoeste da Alemanha, dois dias após seu 56º aniversário.
Correio da Manhã 10 de Março de 2021 às 23:55
Primeiro-ministro da Costa do Marfim, Hamed Bakayoko
Primeiro-ministro da Costa do Marfim, Hamed Bakayoko FOTO: Twitter
O primeiro-ministro da Costa do Marfim, Hamed Bakayoko, morreu esta quarta-feira num hospital na Alemanha, vítima de cancro.

Bakayoko, de 56 anos, tinha sido transferido no fim de semana para este hospital. O governante era visto como potencial sucessor do presidente Alassane Ouattara. Morreu em Friburgo, no sudoeste da Alemanha, dois dias após seu 56º aniversário, confirmou o governo.

Hamed foi negociador e intermediário entre facções em guerra durante um prolongado conflito civil na Costa do Marfim no início dos anos 2000.

"Ele foi um grande estadista, um modelo para nossa juventude, uma personalidade de grande generosidade e lealdade exemplar", disse Ouattara, presidente do país, no Twitter.
Hamed Bakayoko Alemanha Alassane Ouattara Costa do Marfim política distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários