Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Quase 26 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária na Etiópia

ONU calcula em 2,42 mil milhões de euros o montante que o país precisa para responder à crise.
Lusa 2 de Dezembro de 2021 às 17:33
No leste de África, o país mais afetado é a Etiópia, que enfrenta "a pior seca em 50 anos"
No leste de África, o país mais afetado é a Etiópia, que enfrenta 'a pior seca em 50 anos' FOTO: Siegfried Modola/Reuters
Quase 26 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária na Etiópia, estima a ONU, que calcula em 2,42 mil milhões de euros o montante de que precisa para responder à crise no país em 2022.

Estes números constam do relatório "Global Humanitarian Overview", divulgado esta quinta-feira em Genebra pelo Escritório das Nações Unidas para os Assuntos Humanitários (OCHA, na sigla em inglês).

Segundo o relatório, 25,9 milhões de pessoas precisam urgentemente de ajuda humanitária, devido ao conflito armado, choques climáticos, incluindo secas e inundações, surtos de doenças, uma invasão de gafanhotos do deserto e o impacto socioeconómico da covid-19, condições que puseram em causa os ganhos dos últimos anos.

Etiópia ONU política ajuda externa questões sociais direitos humanos fome problemas globais
Ver comentários