Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Sonangol e multinacional norueguesa Equinor vão explorar bacia do Baixo Congo

Celebração deste instrumento legal resulta do entendimento alcançado entre as duas empresas em junho de 2018.
29 de Maio de 2019 às 13:50
Sonangol
Isabel dos Santos foi afastada da liderança da Sonangol
Sonangol
Isabel dos Santos foi afastada da liderança da Sonangol
Sonangol
Isabel dos Santos foi afastada da liderança da Sonangol
A petrolífera estatal angolana Sonangol indicou esta quarta-feira ter assinado com a multinacional norueguesa Equinor um novo memorando de cooperação que perspetiva a realização de atividades de exploração conjunta de petróleo na bacia do Baixo Congo.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a empresa angolana refere que o memorando visa permitir também discutir os modelos de operadores para licenças conjuntas que permitam à Sonangol desenvolver a sua competência como operadora petrolífera e empresa de hidrocarbonetos de referência.

Por outro lado, prevê a partilha de experiências para a transformação da Sonangol numa empresa petrolífera comercial e a identificação de potenciais futuros investimentos conjuntos.

O memorando foi assinado pelo presidente do Conselho de Administração da Sonangol EP, Sebastião Gaspar Martins, e pelo presidente da Direção Executiva da Equinor, Eldar Saetre.

A celebração deste instrumento legal resulta do entendimento alcançado entre as duas empresas em junho de 2018, "que permitiu a execução bem-sucedida de algumas atividades desenvolvidas pelas partes", lê-se do comunicado.

Em fins de junho de 2018m as duas empresas assinaram um primeiro memorando de entendimento que previa então o alargamento e aprofundamento da cooperação entre as duas empresas nas áreas de gestão, logística, finanças e pesquisa no setor petrolífero, sobretudo nos blocos 5/06 e 18/15.

Presente em Angola desde 1991, a Equinor, atual designação da petrolífera norueguesa, que até maio de 2018 se chamou Statoil, foi operadora nos blocos 38 e 39, no pré-sal da bacia do Cuanza, entre 2011 e 2016.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)