Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Tiroteio entre polícia e assaltantes faz um morto no centro de Luanda

Disparos efetuados causaram pânico entre os cidadãos que circulavam nas imediações e arredores do largo das Heroínas.
Lusa 22 de Abril de 2022 às 09:45
Polícia de Luanda
Polícia de Luanda FOTO: Getty Images
Um taxista foi morto e quatro homens foram detidos, suspeitos de homicídio e associação criminosa, no centro de Luanda, após uma troca de tiros e perseguição que causou o pânico, anunciaram esta sexta-feira as autoridades policiais.

Segundo o porta-voz do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional, Nestor Goubel, a detenção dos suspeitos, após duas horas de intensa operação, ocorreu ao princípio da noite de quinta-feira.

Numa primeira abordagem, contou o responsável, uma patrulha policial interpelou dois indivíduos a bordo de uma viatura, sendo que um detinha uma arma de fogo e o outro colocou-se em fuga.

"Naquele instante, surgiram outros três suspeitos do mesmo grupo a bordo de uma viatura que efetuaram disparos contra as forças policiais acabando por atingir mortalmente um automobilista [taxista]", disse Nestor Goubel.

Os disparos efetuados causaram pânico entre os cidadãos que circulavam nas imediações e arredores do largo das Heroínas, distrito urbano da Maianga, centro de Luanda, sendo que na sequência os suspeitos refugiaram-se num edifício inacabado.

Para a sua captura foram mobilizados efetivos do polícia de intervenção rápida, do Serviço de Investigação Criminal e de outros agentes da corporação.

Nestor Goubel assegurou que os quatro detidos e os meios apreendidos foram encaminhados aos órgãos competentes para instauração do processo-crime de homicídio qualificado e de associação criminosa.

Luanda Nestor Goubel crime lei e justiça polícia política
Ver comentários
}