Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Al-Qaeda queria atacar metro de Barcelona

Uma célula terrorista com ligações à al-Qaeda desmantelada pela polícia espanhola no início de 2008 pretendia levar a cabo uma série de atentados suicidas no metro de Barcelona em plena hora de ponta, revelou um membro 'arrependido' do grupo, que está a ser julgado em Madrid.
17 de Novembro de 2009 às 12:37

Segundo aquela testemunha, o objectivo dos terroristas era provocar um massacre idêntico ao de Madrid, em que morreram quase 200 pessoas. Para tal, quatro suicidas planeavam embarcar noutras tantas carruagens do metro de Barcelona com mochilas carregadas de explosivos, as quais seriam detonadas à mesma hora por telemóvel. O ataque ocorreria durante a hora de ponta, para fazer o maior número possível de vítimas.

A testemunha devia ser um dos participates no ataque, mas arrependeu-se a avisou a polícia, que com a sua ajuda conseguiu capturar os onze membros da célula na véspera do ataque. O grupo, que tinha ligações à  al-Qaeda no Paquistão, planeava ainda levar a cabo ataques noutros países europeus. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)