Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

11-M: TRÊS DETIDOS POR DIFUNDIREM IMAGENS NA INTERNET

A Polícia espanhola deteve três pessoas, ligadas aos serviços de urgências de Madrid, acusadas de terem tirado fotografias de cadáveres mutilados devido aos atentados de 11 de Março e que foram difundidas num site. O juiz Del Olmo, instrutor do caso, ordenou o encerramento da página de Internet de origem norte-americana.
30 de Outubro de 2004 às 14:20
Os detidos, com idades entre os 28 e 33 anos, são um condutor de ambulâncias subcontratadas pelo Serviço de Emergências da Comunidade de Madrid, e outros dois homens também ligados a esta empresa.
A investigação que levou à sua detenção teve início no passado dia 22, quando o juiz da Audiência Nacional Juan del Olmo, que instrui o caso no âmbito das investigações abertas na sequência dos atentados de Madrid, ordenou à Polícia que fossem tomadas as medidas necessárias para cessar de imediato a exibição na Internet das referidas fotografias.
Em causa estava a difusão de 34 imagens das vítimas dos atentados de Madrid e um vídeo que mostra os corpos alinhados num armazém, onde permaneciam até serem trasladados para o recinto oficial dos serviços de saúde. Esta imagens foram publicadas num site alojado num servidor norte-americano.
Ver comentários