Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

132 casais homossexuais casaram-se hoje no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro acolheu este domingo o maior casamento gay coletivo do mundo.
9 de Dezembro de 2013 às 00:08
132 casais celebraram o matrimónio este domingo, 8 de dezembro, no Rio de Janeiro, naquele que foi o maior casamento coletivo homossexual em todo o mundo
132 casais celebraram o matrimónio este domingo, 8 de dezembro, no Rio de Janeiro, naquele que foi o maior casamento coletivo homossexual em todo o mundo FOTO: Antonio Lacerda/EPA

O maior casamento coletivo homossexual do mundo, com 132 uniões, foi celebrado este domingo num tribunal do Rio de Janeiro, num ato que reivindica a igualdade destes cidadãos face à lei, segundo os organizadores.

A cerimónia realizou-se no auditório da Escola de Magistratura do Rio de Janeiro e garante a todos os casais os mesmos direitos e deveres que nos matrimónios entre homem e mulher.

Os 132 pares já eram uniões estáveis, figura que no Brasil em termos jurídicos equivale a um casamento, ainda que os seus membros sejam considerados solteiros e, como tal, tenham limitações em relação a heranças e outras garantias reservadas aos matrimónios heterossexuais.

No entanto, este domingo os casais puderam mudar a situação, igualando-se aos outros casamentos, desde que, no passado mês de maio, o Conselho Nacional de Justiça do Brasil legalizou o casamento homossexual. 

Os 132 casais puderam convidar até dez familiares e amigos, o que fez com que o auditório onde se celebrou o enlace coletivo se tornasse pequeno.

Todos celebraram a união com gritos e aplausos e, no final, festejaram com um beijo depois da tradicional troca de alianças.

Na cerimónia esteve presente o presidente da Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio dell´Orto, para quem "é muito fácil colocar na Constituição que todos os brasileiros são iguais face à lei, embora seja muito mais difícil concretizá-lo na realidade".

casamento gay homossexual Brasil cerimónia Rio de Janeiro
Ver comentários