Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Três turistas detidos no Camboja por pousarem nus em templo

Em janeiro três cidadãos franceses foram detidos e deportados por um caso idêntico.
12 de Maio de 2015 às 07:52
Turitas estava despidos num dos templos do parque arqueológico de Angkor
Turitas estava despidos num dos templos do parque arqueológico de Angkor FOTO: Getty Images

Um grupo de três turistas enfrentam a deportação no Camboja depois de terem sido detidos por atentado ao pudor quando pousavam nus num dos templos do parque arqueológico de Angkor, o terceiro caso do género este ano.

De acordo com a imprensa local, um italiano, um argentino e uma holandesa foram surpreendidos quando se fotografavam despidos no templo de Ta Phrom, popularizado pelo filme e jogo de vídeo "Tomb Raider".

"Estão em tribunal à espera de serem julgados", referiu Long Kosal, porta-voz da autoridade Apsara, que gere o complexo Património da Humanidade em declarações ao diário Phnom Penh Post.

Em janeiro três cidadãos franceses foram detidos e deportados por um caso idêntico no templo de Banteay Kdei e, um mês mais tarde, duas irmãs norte-americanas foram detidas, julgadas e deportadas por também pousarem despidas no templo de Preah Khan.

Camboja Tomb Raider turistas detidos nudez templo atentado ao pudor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)