Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

23 cadáveres e 23 sequestrados na "casa dos horrores"

Na Nigéria, a magia negra, o vudu e os assassinatos rituais são práticas comuns. (actualizada Às 16.38)
24 de Março de 2014 às 21:37
Nigéria, moertos, sequestrados, magia negra, vudu, assassinatos rituais
Nigéria, moertos, sequestrados, magia negra, vudu, assassinatos rituais FOTO: Reuters

Cerca de vinte cadáveres e 23 pessoas que se encontravam sequestradas foram encontrados numa casa em Ibadan, no sul da Nigéria, onde alegadamente se praticavam assassinatos rituais após cativeiro prolongado. Segundo a imprensa nigeriana, que lhe chama a "casa dos horrores", além dos corpos encontrados, mais de vinte sobreviventes foram resgatados do local pela polícia, perto da floresta de Soka.

Aquela que fica conhecida como "A casa dos horrores", era um "esconderijo de assassinos de rituais", contou uma das vítimas resgatadas pela polícia na floresta perto de Soka, ao jornal local "The Punch".

Frequentemente as vítimas de sequestros na Nigéria são torturadas ou sacrificadas em rituais de magia negra, e a imprensa local avançou ainda que este caso pode estar relacionado com trafico de órgãos que estão a ser vendidos em vários pontos do país.

Uma das vítimas, que preferiu manter o anonimato, está agora internada com mais sete vítimas no hospital de Adeoyo Hospital, em Ibadan, em recuperação, revelou que foi sequestrada em setembro de 2013.

"Lembro-me que saí da minha casa em Okebola e que ia para Challenge. Entrei num táxi, e isso é a única coisa que me lembro até a polícia me ter resgatado,” contou.

No entanto, em declarações ao jornal nigeriano, acabou por admitir que se lembrava de "ver pessoas a cair, e que alguns dos que saíam nunca voltavam. Mas isso para mim não queria dizer nada, até ser resgatado no sábado. Foi como se acordasse de uma sesta", concluiu.

CHEIRO ERA INSUPORTÁVEL

Depois da macabra descoberta, no sábado, as autoridades isolaram a casa em ruínas de um andar, cercada de ervas daninhas, de carcaças enferrujadas de pelo menos cinco tratores e de outros veículos.

O cheiro de morte e uma nuvem de moscas obrigava aqueles que se aventuravam no interior da casa a tapar a boca e o nariz com uma máscara, indicou um jornalista da AFP.

"Há corpos em decomposição e mais de 50 crânios", disse Comrade Rasheed, um dos moradores.

"Encontrámos uma mulher que disse ter dado à luz lá. Ainda resgatamos muita gente com vida e um corpo numa fossa", acrescentou.

VIZINHOS NÃO DESCONFIAVAM DE NADA

Os vizinhos acreditavam que a casa, situada a um quilómetro da estrada que leva a Lagos, era o escritório de uma empresa do setor da construção - no interior foram encontrados 50 sacos de cimento solidificado.
"Há algum tempo notamos movimentos na zona e alertámos a polícia, mas eles não reagiram", disse a líder comunitária local, Isiaka Bello.

FAMÍLIAS REVOLTADAS PROCURAM MAIS INFORMAÇÕES

As famílias cujos membros estão em paradeiro desconhecido visitaram o local nos últimos dias à procura de informações.

Cerca de 50 pessoas provocaram distúrbios frente à casa abandonada. Pelo menos vinte pessoas ficaram feridas e 12 veículos ficaram danificados quando a polícia impediu a passagem de 50 pessoas armadas com paus e facões que queriam entrar na propriedade.

"Queremos resgatar nossa gente que continua lá e que pede ajuda. Mas a polícia não deixa e isso deixa-nos furiosos,” indicou à AFP um dos manifestantes em frente à casa.

Várias testemunhas relatam que um homem, aparentemente vinculado à casa, foi queimado vivo numa estrada próxima à floresta.

Nigéria moertos sequestrados magia negra vudu assassinatos rituais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)