Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

31 pacotes suspeitos enviados para embaixadas da Ucrânia em "terror sem precedentes"

Ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano refere que foram enviados pacotes suspeitos a representações ucranianas em 15 países.
Lusa 7 de Dezembro de 2022 às 18:06
 Dmytro Kuleba
Dmytro Kuleba
O ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, denunciou esta quarta-feira a continuação de uma campanha de "terror sem precedentes" contra embaixadas ucranianas, com 31 pacotes suspeitos enviados a representações ucranianas em 15 países, incluindo Portugal.

"As ameaças continuam a chegar aos nossos diplomatas", escreveu Kuleba numa mensagem no Facebook, sublinhando que "a atual campanha de terror contra os diplomatas ucranianos é sem precedentes na sua escala, não só no contexto ucraniano, mas também a nível global".

Kuleba disse não se lembrar de uma época na história em que tantas embaixadas e consulados do mesmo país "tenham sido sujeitos a ataques tão maciços em tão curto espaço de tempo".

Política diplomacia Guerra na Ucrânia Kiev
Ver comentários
C-Studio