Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

78 empresas britânicas instalaram-se nos Países Baixos em 2020

São 218 as companhias que foram para território holandês devido ao 'Brexit' desde 2016.
Lusa 18 de Fevereiro de 2021 às 17:52
Brexit, Reino Unido
Brexit, Reino Unido
Setenta e oito empresas britânicas mudaram-se ou abriram representação nos Países Baixos em 2020, o que eleva para 218 as companhias que foram para território holandês devido ao 'Brexit' desde 2016, informou esta quinta-feira a Agência de Investimento Estrangeiro.

Muitas empresas britânicas enfrentam atualmente problemas com questões burocráticas, de tramitação e prazos de entrega que complicam o acesso ao mercado europeu.

A Agência de Investimento Estrangeiro (NFIA) está em diálogo com 550 empresas que procuram uma deslocalização ou uma expansão empresarial nos Países Baixos para evitar as consequências do 'Brexit' (saída britânica da União Europeia).

Desde o referendo de 2016 sobre o 'Brexit', um total de 218 empresas escolheram os Países Baixos como a sua nova sede europeia. Espera-se que todas permitam criar 6.000 empregos e 544 milhões de euros de investimento nos três primeiros anos após a sua chegada.

Devido à pandemia, a Holanda atraiu significativamente menos empresas estrangeiras em 2020, segundo os resultados da NFIA. No total, foram 305 as companhias que se fixaram em cidades holandesas, em comparação com as 397 que o fizeram em 2019.

Espera-se que todas as novas empresas que chegaram no ano passado aos Países Baixos originem 8.600 empregos diretos durante os primeiros três anos e invistam 1.900 milhões de euros nos seus projetos no país.

Ver comentários