Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

A forma como conduz pode indicar demência, alerta estudo

Duração, distância das viagens e número de travagens súbitas são fatores a ter em conta.
Correio da Manhã 12 de Maio de 2021 às 17:09
Conduzir
Conduzir FOTO: Getty Images

Um estudo recente avançou que a forma como conduz pode ser um forte indicador de que poderá vir a sofrer de demência.

A pesquisa, publicada na Geriatrics, utilizou dados de condução, informações demográficas e computacionais para prever se um indivíduo tem demência. Apesar da idade ter sido o principal fator para a identificação da doença do foro mental, há várias características da condução das pessoas que revelaram ser indicadores preocupantes.

De acordo com o estudo, a duração e distância (mais de 24 quilómetros) das viagens que faz e o número de travagens súbitas ao longo da condução podem determinar se vão surgir problemas relacionados com a demência.

Ver comentários