Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

A luta dos pequenos partidos

A par do combate entre os dois gigantes da política cabo-verdiana, três pequenos partidos lutam em Cabo Verde pela conquista de lugares no parlamento, com o objectivo de contrariar a forte bipolarização existente no arquipélago.
15 de Janeiro de 2006 às 00:00
Na Praia, ‘à espera’ das eleições
Na Praia, ‘à espera’ das eleições FOTO: Jorge Paula
Em dois combates desiguais, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), o Movimento para a Democracia (MpD, principal força da oposição) e os ‘pequenos’ União Cristã, Democrática e Independente (UCID), Partido da Renovação Democrática (PRD) e Partido Social-Democrata (PSD) são as cinco forças que disputam as legislativas do próximo dia 22.
A UCID, que concorre apenas em São Vicente, afirma que pretende ter uma bancada parlamentar na Assembleia Nacional de forma a constituir-se como terceira força política do país. O PRD, que concorre em nove círculos eleitorais, afirmou que pretende conquistar pelo menos um deputado no parlamento cabo-verdiano.
O PSD também se diz “contente com a forma como os eleitores têm recebido a mensagem” durante esta campanha e acredita que terá bons resultados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)