Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

A MAIS VELHA FEZ 115 ANOS

A mulher reconhecida pelo Livro de recordes 'Guinness Book' como a mais velha do mundo comemorou ontem o seu 115.º aniversário na cama. Na véspera dissera que acordaria para celebrar o dia dos seus anos com a família, mas não conseguiu.
16 de Setembro de 2002 às 22:33
Nascida na ilha de Kyushu, no Japão, Kamato Hongo teve sete filhos e afirma-se feliz por contar com mais de 20 netos. Há dois anos, passou pela dor de enterrar a sua filha mais velha, que tinha mais de 90 anos.

Apesar da sua avançada idade, Kamato Hongo não tem grandes problemas de saúde, tendo dificuldade em andar e em ouvir.

Tem o curioso hábito de dormir durante dois dias seguidos e ficar acordada nos dois seguintes. Acredita que isso lhe faz bem. Ontem deveria ter estado acordada, mas o sono falou mais alto. É que na véspera, em que se assinalou o Dia do Respeito pelos Mais Velhos no Japão, recebera muitas visitas importantes e ficou cansada.

A mais idosa do mundo ainda aprecia um bom saké (vinho feito com arroz) e gosta de recordar, fazendo gestos com os braços, os animados ritmos das danças tradicionais da sua terra natal, Tokunoshima.
Ver comentários