Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Abbas ordena punho-de-ferro com militantes

O presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, ordenou o uso da força se necessário para assegurar que os militantes palestinianos respeitam o cessar-fogo com Israel, revelou esta quinta-feira a agência noticiosa WAFA.
28 de Abril de 2005 às 08:32
Abbas é citado como tendo ordenado ontem à Polícia, na Faixa de Gaza, que não permita a quem quer que seja quebrar o acordo para manter a calma na região. “Quem violar o acordo terá de ser punido com ‘punho-de-ferro’”, afirmou o presidente palestiniano.
Ainda segundo a agência WAFA, Abbas fez questão de salientar que deverão ser impedidos, pela força se necessário, quaisquer ataques com rockets e disparos sobre objectivos israelitas, naquele que é o mais sério aviso feito até ao momento aos grupos radicais.
Desde que foi escolhido para suceder a Yasser Arafat, em Janeiro último, o novo líder palestiniano fez renascer a esperança de alcançar a paz no Médio Oriente, ao estabelecer um acordo de cessar-fogo com Israel.
No passado mês de Março, Abbas conseguiu o acordo das facções armadas palestinianas para pôr fim a mais de quatro anos e meio de acções violentas contra Israel, mas ocasionalmente ainda ocorrem ataques com morteiros e disparos, que ameaçam o processo de negociações.
Ver comentários