Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Acidente aéreo faz mais de 250 mortos

Avião militar despenhou-se segundos após a descolagem, na Argélia.
Ricardo Ramos 12 de Abril de 2018 às 09:01
Avião cai na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Avião cai na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Avião cai na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Queda de avião militar na Argélia
Um avião militar despenhou-se esta quarta-feira nos arredores de Argel, capital da Argélia, causando a morte a pelo menos 257 pessoas. Um incêndio num dos motores terá estado na origem do acidente, o mais grave de sempre no país.

O avião, um Ilyushin-76 de fabrico russo, tinha acabado de levantar voo do aeródromo militar de Boufarik, nos arredores de Argel, quando se despenhou num campo agrícola a poucas centenas de metros da pista. Testemunhas dizem ter visto chamas numa das asas, o que poderá indicar um incêndio num dos motores.

A aeronave pertencia à Força Aérea argelina e a maioria dos ocupantes eram militares e familiares. A bordo seguiam também cerca de três dezenas de refugiados do Saara Ocidental e 26 membros da Frente Polisário, que luta há décadas pela independência daquela região controlada por Marrocos. Segundo aquele grupo, os refugiados saarauís tinham estado a receber tratamento médico num hospital de Argel e regressavam aos campos de refugiados de Tindouf, na fronteira.

As autoridades argelinas indicaram que "várias pessoas" sobreviveram ao acidente e estavam a ser tratadas num hospital militar, mas não conseguiram imediatamente confirmar o seu número. O governo decretou três dias de luto e mandou abrir um inquérito para apurar as causas do acidente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)