Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Activista apresenta queixa

O activista e jornalista angolano Rafael Marques apresentou ontem uma queixa-crime contra altos-quadros angolanos, nomeadamente o chefe da Casa Militar do presidente da República e o director-geral da petrolífera Sonangol, por indícios de "enriquecimento ilícito".
6 de Janeiro de 2012 às 21:43
 Rafael Marques
Rafael Marques FOTO: João Miguel Rodrigues

O activista e jornalista angolano Rafael Marques apresentou ontem uma queixa-crime contra altos-quadros angolanos, nomeadamente o chefe da Casa Militar do presidente da República e o director-geral da petrolífera Sonangol, por indícios de "enriquecimento ilícito".

Na queixa apresentada à Procuradoria-Geral da República de Angola, Rafael Marques visa três sócios da Nazaki Oil & Gaz, SA, empresa com escritório em Luanda: Manuel Domingos Vicente, presidente do conselho de administração da Sonangol; general Hélder Manuel Vieira Dias Júnior, conhecido como ‘Kopelipa', ministro de Estado e chefe da Casa Militar do Presidente da República; Leopoldino Fragoso do Nascimento, consultor de ‘Kopelipa'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)