Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Acusado de homicídio entrega-se à polícia

Um fazendeiro brasileiro procurado pelo assassínio da freira norte-americana Dorothy Stang entregou-se à Polícia Federal em Altamira, no estado do Pará.
28 de Março de 2005 às 15:22
De acordo com fontes policiais brasileiras, Vitalmiro Moura, de 34 anos, entregou-se às autoridades mas alega estar inocente. No seu depoimento – de mais de cinco horas – Vitalmiro negou ter participado em qualquer uma das acções do crime a adiantou nomes de fazendeiros que estariam interessados na morte da missonária.
Dorothy Stang, a freira americana de 73 anos, trabalhava há mais de três décadas como defensora do meio ambiente numa organização de trabalhadores rurais. Dorothy foi assassinada no dia 12 de Fevereiro do corrente ano, em Anuapu.
Vitalmiro Moura é o quarto detido no âmbito do homicídio de Dorothy, depois de terem sido presos Rayfran das Neves (que confessou ter sido o autor dos tiros), Clodoaldo Batista e Amair da Cunha.
As investigações por parte da polícia federal brasileira vão continuar, para apurar os motivos do crime e possivelmente encontrar mais cúmplices.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)