Adepto acusado de atacar autocarro do Boca Juniors libertado

Firpo terá de cumprir ainda 180 horas de trabalho comunitário e terá de se reger por "certas normas de conduta".
Por Lusa|06.12.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A justiça argentina libertou esta quinta-feira o adepto do River Plate que havia sido detido e condenado pelo ataque ao autocarro do Boca Juniors, que levou ao adiamento da segunda mão da final da Taça Libertadores em futebol.

Depois de ter sido condenado, primariamente, a dois anos e quatro meses de prisão, Matías Firpo viu o tribunal emitir esta quinta-feira a decisão, que, segundo fontes judiciais, terá sido tomada após "julgamento abreviado".

O tribunal decretou, como medidas acessórias, a interdição do adepto ao Estádio do River Plate, bem como a qualquer tipo de evento desportivo de maior repercussão, durante os dois anos e quatro meses a que havia sido condenado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!