Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Adolescente come o próprio cavalo depois deste ser abatido

Jovem acredita que o facto de ter sido criada numa quinta fez com que tivesse uma relação mais "realista" com os animais.
Correio da Manhã 9 de Outubro de 2019 às 16:05
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido
Adolescente come o próprio cavalo depois de ser abatido

Uma adolescente recebeu ameaças de morte por ter comido o seu próprio cavalo e posteriormente ter dito que foi a melhor forma de homenagear o animal, segundo adianta o jornal britânico The Mirror.

Pia Olden, de 18 anos, perdeu o seu cavalo em 2018 quando foi abatido devido a uma doença.

Numa publicação que fez no Facebook, e que entretanto já foi apagada, a jovem revelou que a família conservou bocados de carne do cavalo dentro de um congelador, escrevendo: "Se vou comer carne de cavalo, tem que ser a do meu".

Olden descreveu a forma como preparou a refeição e partilhou uma imagem da carne misturada com chili e manga, acrescentando ainda que "é melhor do que deixar que a carne seja comida pelos vermes".

A jovem, cuja família vive numa quinta na Noruega, recebeu inúmeras críticas e inclusive ameaças de morte depois de ter feito a publicação e desta ter sido altamente partilhada nas redes sociais.

Algumas horas depois de divulgar a imagem, as reações intensificaram-se de tal maneira que Pia viu-se obrigada a apagar a publicação e pediu às restantes páginas que a partilharam para fazerem o mesmo.

Pia acredita ter uma relação mais realista com os animais uma vez que cresceu numa quinta, acrescentando que tem um entendimento diferente sobre o consumo de carne.

Apesar das críticas, a adolescente não se arrepende da decisão de ter ingerido o animal, argumentando que foi a melhor refeição que alguma vez comeu.

Pia Olden animais Noruega cavalo carne Facebook redes sociais questões sociais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)