Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Adolescente de 16 anos é mordida pelo marido até desmaiar ao tentar defender cão

Marido estava a agredir o animal do casal quando a brasileira interveio.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 17 de Setembro de 2020 às 15:27
Cão da raça Pitbull - imagem representativa
Cão da raça Pitbull - imagem representativa FOTO: Direitos Reservados

Uma adolescente brasileira de 16 anos foi violentamente mordida pelo marido, de 18, depois de ter defendido o cão do casal, um pittbull, do rapaz que o queria agredir. Foi levada desmaiada para o Hospital João XXIII e o marido agressor fugiu e está a ser procurado pela polícia de Belo Horizonte, capital do estado brasileiro de Minas Gerais, onde a estranha ocorrência aconteceu.

A inusitada situação ocorreu no Morro do Papagaio, na região centro-sul da capital de Minas Gerais, quando o casal se preparava para pôr a coleira no cão e passear com ele, como fazia habitualmente. O pitbull começou a brincar, fugiu da coleira e saltou para o sofá da sala, deixando o homem irritado.

O rapaz começou então a agredir o cão e a adolescente interveio, protegendo o animal. Ainda mais furioso, o marido começou então a agredi-la e a mordê-la com força em várias partes do corpo, principalmente nos braços, com os quais se tentou.

O agressor só parou e fugiu quando a mulher adolescente desmaiou, com o corpo coberto por feridas e sangue. Umavizinha, alertada pelos gritos, entrou na casa para ajudar a amiga. Depois de algumas horas nas urgências para tratar dos ferimentos, a adolescente prestou queixa por violência doméstica contra o marido.
Hospital João XXIII Belo Horizonte Minas Gerais crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários