Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Advogado vê filha, dois irmãos e cunhada morrer com Covid-19 por falta de oxigênio nos hospitais do Brasil

Família tentou ajudas nos hospitais privados mas nem esses tinham oxigénio.
16 de Janeiro de 2021 às 12:05
FOTO: Facebook
Uma fotografia e um grito de desespero nas redes sociais. Foi assim que o advogado Francisco Balieiro contou que o calapso no sistema de saúde do Amazonas, no Brasil, já lhe levou a filha, dois irmãos e uma cunhada. 

Esta terça-feira, o antigo presidente da cidade de Tabatinga enterrou o irmão Ulisses Filho, a quarta vítima da Covid-19 na família. Em dezembro morreu a filha, Alana Gabriele, de 27 anos, com a doença. Também a mãe do advogado está a lutar contra o coronavirus, avança o G1.

A família chegou a percorrer 11 unidades de saúde públicas e privadas à procura de atendimento. No entanto, encontravam vaga mas não havia oxigénio. 

"O DIA D, a HORA H, a NOITE DE TERROR . Poucas famílias foram tão atingidas como a minha nessa pandemia. Primeiro foi o meu Irmão Jonas, depois a minha Cunhada Trindade, aí minha filha Alana e por último meu irmão Ulisses Balieiro Filho., escreveu o homem na rede social Facebook.

O DIA D, a HORA H, a NOITE DE TERROR . Poucas famílias foram tão atingidas como a minha nessa pandemia. Primeiro foi o...

Publicado por Francisco Balieiro em Quinta-feira, 14 de janeiro de 2021
Francisco Balieiro Covid-19 Ulisses Balieiro Filho Amazonas Brasil Alana Gabriele
Ver comentários