Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Afegã vestida de polícia mata conselheiro da NATO a tiro

Uma mulher vestida com o uniforme da polícia afegã matou nesta segunda-feira a tiro um conselheiro civil da NATO no quartel-general daquela polícia em Cabul, noticiaram as agências internacionais.
24 de Dezembro de 2012 às 12:04
O porta-voz do Ministério do Interior afegão, Sedik Seddiqui, indicou que a mulher foi detida.

O ataque ocorreu depois de os Estados Unidos terem suspendido, em Setembro, o treino de recrutas das forças de segurança afegãs devido ao aumento de infiltrados talibãs nas mesmas.

Mais de meia centena de soldados da NATO morreu devido a disparos efectuados por indivíduos vestidos com os uniformes dos militares afegãos ao longo deste ano.

O ataque de hoje é referido como o primeiro do género perpetrado por uma mulher.

afeganistão morte disfarce nato homicídio cabul
Ver comentários