Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Afinal não foi Bill Gates que pagou 500 milhões por iate a hidrogénio

A Sinot, empresa holandesa responsável pelo Aqua, fez uma comunicado a esclarecer que não tem qualquer ligação com Bill Gates, fundador da Microsoft.
13 de Fevereiro de 2020 às 13:20

A Sinot, empresa holandesa responsável pelo Aqua, um iate de luxo movido a hidrogénio, fez um comunicado a esclarecer que não tem qualquer ligação com Bill Gates, fundador da Microsoft.

A notícia de que Bill Gates era o comprador do Aqua, por 500 milhões de euros, foi avançada por várias publicações internacionais, como reconhece a própria Sinot em comunicado. Porém, e ao contrário do que foi escrito, esta empresa holandesa esclarece que não existe qualquer negócio que a ligue ao segundo homem mais rico do mundo.

Recorde-se que o Aqua só será apresentado ao mundo em 2024. Terá capacidade para 14 convidados e 31 elementos de tripulação, bem como cinco decks com piscina, heliporto, um spa e até um ginásio.

Pouco se sabe acerca das especificações técnicas deste "super-iate", apenas que vai dispor de dois tanques com capacidade para armazenar 28 toneladas de hidrogénio líquido, o suficiente para que consiga viajar 6 mil quilómetros sem ter de reabastecer.

empresa holandesa bill gates iate hidrogénio aqua
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)