Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Afinal o coronavírus pode não ser transmissível através de objetos e superfícies, afirma OMS

Novo relatório não apresenta evidências conclusivas sobre este tipo de transmissão da Covid-19.
Correio da Manhã 18 de Maio de 2020 às 09:58
Coronavírus
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus xx
A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite nãoi ter encontrado provas conclusivas de que o coronavírus se possa transmitir através do contacto com uma superfície, tais como maçanetas ou teclados, de acordo com um relatório da agência médica da ONU. Não obstante, a organização mantém a recomendação a favor da desinfeção sempre que possível.

Este mais recente estudo recai sobre um outro relatório que conclui que o vírus pode sobreviver até sete dias numa superfície. A OMS recorda que estes testes foram realizados em laboratório, e por isso, longe das condições e circunstâncias reais.

"A doença da Covid-19 é transmitida essencialmente através do contacto físico próximo e dos detritos respiratórios. No momento da publicação deste relatório não conseguimos relacionar conclusivamente o contágio através de superfícies", pode ler-se.

Esta posição surge dois meses depois de a OMS ter indicado que o coronavírus poderia "persistir nas superfícies por algumas horas ou até dias".
OMS ONU Organização Mundial de Saúde política organizações internacionais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)