Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Afoga filha enquanto namorado assiste pela Internet

Uma mãe afogou a própria filha de três anos num balde com água, enquanto o namorado assistia em directo através do Skype, na Internet. O macabro caso aconteceu em Outubro de 2010, mas só agora foi revelado pelas autoridades norueguesas.
6 de Janeiro de 2012 às 15:38
Skype removido na China
Skype removido na China FOTO: d.r.

Eram 3h00 da manhã, quando Yasmin Chaudhry decidiu punir a filha por esta “não obedecer às suas ordens”. Do outro lado do ecrã, o namorado britânico, que não é o pai da menina, assistia a tudo em directo.

A mulher acabou por chamar os serviços de emergência e contou à polícia que a menina, que viria a falecer no dia seguinte, tinha caído acidentalmente dentro do balde.

Yasmin foi detida e, já na esquadra, acusou o namorado de incentivá-la a cometer o crime. A polícia viajou na véspera de Natal para o Reino Unido para interrogar o homem. “Eles têm a mesma história, mas com algumas diferenças”, adiantou Kristin Rusdel, um dos investigadores da polícia de Oslo.

“Ela afirma que foi ele quem teve a ideia e ele diz que nunca foi sua intenção matar a menina. Estão os dois assustados e quiseram ocultar o caso”, acrescentou o mesmo responsável.

Yasmin e o namorado viram-se apenas uma vez, mas mantiveram contacto através da Internet durante mais de um ano. A mulher, que está acusada de homicídio e vai a julgamento a 4 de Fevereiro, tem ainda outro filho de cinco anos, que lhe foi retirado. As autoridades norueguesas estão ainda a tentar extraditar o namorado.

O pai da menina, que vive actualmente no Paquistão, mostrou-se chocado com o crime.

skype internet noruega mãe filha afogamento balde namorado polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)