Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Agressor tentou falar com Berlusconi

Massimo Tartaglia, o homem que no passado domingo agrediu no rosto o primeiro-ministro italiano em Milão, tinha tentado encontrar-se com Silvio Berlusconi por duas vezes em Novembro.
19 de Dezembro de 2009 às 00:30
Berlusconi à saída do hospital
Berlusconi à saída do hospital FOTO: Milo Sciaky/Epa

Segundo avança o jornal ‘Corriere de la Sera’, o agressor tentou primeiro que Berlusconi o recebesse no clube de futebol de Milão de que é proprietário.

Aquele diário italiano cita o testemunho dado à polícia por uma dirigente do AC Milan, que  reconheceu Tartaglia na TV e comunicou  às autoridades que  ele tinha tentado chegar à fala com ‘Il Cavaliere’ por duas vezes. Quando lhe perguntaram o motivo, Tartaglia respondeu que Berlusconi lhe prometera resolver os problemas com o seu cartão de crédito.

Ver comentários