Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Ajuda financeira ao Egito está "para muito breve"

Afirmação é do secretário de Estado John Kerry.
14 de Março de 2015 às 11:54
"No que diz respeito à ajuda e à assistência, espero realmente uma decisão para muito breve", declarou Kerry
'No que diz respeito à ajuda e à assistência, espero realmente uma decisão para muito breve', declarou Kerry FOTO: Brian Snyder/Reuters

O secretário de Estado John Kerry, prometeu "para muito breve" uma decisão sobre a ajuda financeira ao Egito, que foi bloqueada por Washington desde a destituição pelo exército do presidente Mohamed Morsi, em 2013.

"No que diz respeito à ajuda e à assistência, espero realmente uma decisão para muito breve", declarou Kerry à margem de uma conferência económica internacional, em Sharm el-Sheik, para ajudar economicamente o Egito.

Os Estados Unidos deveriam enviar, a cada ano, 1,5 mil milhões de dólares de ajuda ao Egito, dos quais 1,3 mil milhões para o setor militar.

Entretanto, uma parte desta ajuda foi bloqueada pela destituição e prisão pelo exército do Presidente Mohamed Morsi, a 3 de julho de 2013, e uma sangrenta repressão dos seus partidários.

Washington condicionou o regresso da ajuda à realização de reformas democráticas no Egito.

Depois da queda de Morsi, primeiro chefe de Estado eleito democraticamente no Egito, Abdel Fattah al-Sisi (que foi um dos líderes do golpe contra Morsi) foi eleito Presidente em maio de 2014.

Desde a eleição de Al-Sisi, Washington entregou helicópteros Apache para apoiar o país na guerra contra um ramo do Estado Islâmico, que tem multiplicado os ataques contra as forças de segurança a partir do seu bastião na península do Sinai.

"Os Estados Unidos estão empenhados em reforçar a sua parceria com o Egito", indicou Kerry.

secretário de Estado John Kerry Egito
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)