Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Alegada dirigente da ETA detida em França

Izaskun Lesaka, considerada uma das principais responsáveis pelo aparelho político da ETA, foi detida a 70 quilómetros de Lyon, em França, revelou a agência Efe, citando fontes da luta antiterrorista.
28 de Outubro de 2012 às 10:37
Izaskun Lesaka, considerada uma das principais responsáveis pelo aparelho político da ETA
Izaskun Lesaka, considerada uma das principais responsáveis pelo aparelho político da ETA FOTO: d.r.

Aquando da detenção, Izaskun Lesaka estava acompanhada por um outro alegado membro da organização independentista basca ETA, que, tal como ela, se encontrava armado e cuja identidade ainda não é conhecida.

A detenção foi levada a cabo, durante esta madrugada, pela Guarda Civil de Espanha, em colaboração com uma equipa de elite da polícia francesa, refere a Efe.

De acordo com um comunicado do ministério do Interior, citado pela mesma fonte, os dois etarras foram detidos num hotel localizado em Macon, a cerca de 70 quilómetros a norte de Lyon, na sequência de uma operação da Guarda Civil e da RAID -- unidade de elite da polícia francesa.

Izaskun Lesaka, a par com Iratxe Sorzabal e David Pla, é tida como uma das principais responsáveis da ETA na actualidade, sendo-lhe atribuída a leitura dos últimos comunicados da organização, entre os quais o de 20 de Outubro de 2011, em que a ETA anuncia o fim definitivo da sua acção armada.

ETA França Izaskun
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)