Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Alegados 'hackers' russos atacaram empresa ucraniana do filho de Joe Biden

Informação consta num relatório de oito páginas da empresa Area 1 Security, de Silicon Valley.
Lusa 14 de Janeiro de 2020 às 07:40
Joe Biden
Joe Biden considerou a Rússia de Putin a maior ameaça à ordem internacional, ao projeto europeu e às democracias
Joe Biden
Joe Biden considerou a Rússia de Putin a maior ameaça à ordem internacional, ao projeto europeu e às democracias
Joe Biden
Joe Biden considerou a Rússia de Putin a maior ameaça à ordem internacional, ao projeto europeu e às democracias
'Hackers' russos, alegadamente ligados aos serviços secretos militares russos, atacaram a empresa ucraniana para a qual trabalhava um dos filhos do ex-vice-Presidente norte-americano Joe Biden, foi esta terça-feira noticiado.

De acordo com agências de notícias internacionais, que citam um relatório de uma empresa de segurança informática, o ataque visou a produtora de gás ucraniana Burisma, na qual o filho do agora candidato às primárias Democratas trabalhou entre 2014 e 2019.

A informação consta num relatório de oito páginas da empresa Area 1 Security, de Silicon Valley, especializada em segurança informática.

Joe Biden política crime lei e justiça prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)