Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Alemanha admite recolher presos de Guantanamo

A Alemanha admite poder vir a receber os reclusos libertados do centro de detenção na base naval de Guantanamo, em Cuba, quando este for encerrado, por vontade vontade do próximo presidente norte-americano, Barack Obama.
22 de Dezembro de 2008 às 18:06

Steinmeier deverá proceder a  consultas com os homólogos europeus, num encontro agendado para Janeiro de  2009. Dos cerca de 250 reclusos - em números da ONU -  cerca de 50 não poderão regressar às origens sob risco de serem mortos.

Anteriormente, Portugal propôs receber alguns reclusos de Guantanamo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)