Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Alemanha manifesta preocupação com liberdade de opinião e imprensa na Turquia

Preocupação surge depois de país ter bloqueado o acesso à edição digital turca da estação Deutsche Welle.
Lusa 1 de Julho de 2022 às 22:42
Steffen Hebestreit
Steffen Hebestreit FOTO: Reuters
O governo alemão manifestou esta sexta-feira a sua "preocupação" com "a situação da liberdade de opinião e imprensa" na Turquia, depois de este país ter bloqueado na quinta-feira o acesso à edição digital turca da estação Deutsche Welle (DW).

O porta-voz do governo, Steffen Hebestreit, afirmou durante uma conferência de imprensa, em Berlim, que o Executivo "lamenta" o bloqueio, decidido por um tribunal a pedido do Conselho Supremo de Rádio e Televisão da Turquía (RTUK) e que também envolve a emissora Voz da América (VoA).

O que se pode seguir depende da decisão da DW, como emissora independente, acrescentou o porta-voz, que apontou que este meio já disse que vai lutar contra o bloqueio por via judicial.

"Mantemos a nossa preocupação com a situação da liberdade de opinião e imprensa na Turquia", asseverou Hebestreit.

O porta-voz acrescentou que este assunto motivou conversações "críticas" com os interlocutores turcos do governo alemão e que a posição de Berlín é a defesa do "jornalismo independente e baseado em factos" na Turquia.

O regulador turco tinha solicitado à justiça o bloqueio da DW e da VoA com o argumento de que não dispunham de uma licença que a RTUK lhes tinha exigido em fevereiro deste ano, baseado em uma lei de imprensa de 2019.

A DW negou-se a pedir esta autorização, porque, justificou, o procedimento iria permitir ao governo turco censurar conteúdo editoriais.

Ver comentários
}