Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Alemanha: Rusgas contra duas organizações de muçulmanos

A polícia alemã fez esta terça-feira rusgas em Bremen, Braunschweig e Moenchengladbach, em centros e apartamentos de duas organizações de muçulmanos, suspeitas de defender o derrube da ordem constitucional para criar um Estado religioso, comunicou o Ministério do Interior alemão.
14 de Dezembro de 2010 às 12:46

As autoridades alemãs anunciaram que estão a ser realizadas investigações contra a associação ‘Convite para o Paraíso’, activa em Braunschweig e Moenchengladbach,  e contra o Centro Cultural Islamita de Bremen.  

"As buscas demonstrarão se as suspeitas iniciais se confirmam ou não",  disse o porta-voz do Ministério do Interior, garantindo que as operações policiais não estão relacionadas com os recentes avisos contra, a possibilidade, de estarem em preparação atentados terroristas na Alemanha.  

"Uma democracia robusta não pode esperar que a guerra santa se concretize, sob a forma de luta armada, tem de intervir contra associações que violam a lei fundamental", sublinhou o responsável.  

Em Novembro, o ministro do Interior, Thomas Maizière, mandou  reforçar as medidas de segurança, incluindo o parlamento federal e a sede do governo, em Berlim, bem como em aeroportos, estações centrais de caminhos de ferro e outros locais muito frequentados.  

O ministro democrata-cristão justificou as medidas, revelando que Berlim tinha recebido informações de serviços secretos aliados de que terroristas islâmicos estariam a tentar entrar na Alemanha, depois de receberem treino militar perto da fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão, para praticar atentados terroristas.  

Alemanha Muçulmanos rusgas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)