Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

ALERTA DE TERROR EM VENEZA

A cidade italiana de Veneza está desde quinta-feira em estado de alerta máximo na sequência de informações dos Serviços Secretos de que está iminente um ataque da al-Qaeda nomeadamente no bairro judeu. Os Estados Unidos, por seu lado, mantêm as apertadas medidas de segurança, estando a vigiar dezenas de membros da rede terrorista de Osana bin Laden em várias cidades.
12 de Julho de 2002 às 22:07
Os jornais ‘’La Repubblica’’ e o ‘’Corriera de la Sera’’ afirmaram que o alerta se deve a informações que indicam que o grupo Salafista está a preparar vários ataques, nomeadamente uma igreja na Veneza e no bairro judeu. A segurança foi reforçada com unidades antiterroristas a patrulharem as áreas consideradas mais sensíveis e pequenos submarinos e mergulhadores a vigiarem os canais.

Além de Veneza, estão em alerta as cidades de Milão e Florença, destinos turísticos concorridos.

Foi exactamente em Milão que a Polícia italiana deteve oito homens suspeitos de fornecer documentos falsos a membros da al-Qaeda. Os EUA afirmam que o Centro Cultural Islâmico em Milão era usado como base principal da al-Qaeda na Europa. Responsáveis do centro rejeitaram estas acusações.

Mas nem só a Itália está em alerta. Informações dos Serviços Secretos de vários países indicam que a Praça de São Pedro e missões diplomáticas norte-americanas na Europa, particularmente na Alemanha, França e Suíça são alvos prováveis.

Nos EUA, o FBI está a vigiar dezenas de membros da al-Qaeda em diversas cidades, incluindo Seattle, Chicago, Atlanta e Detroit.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)