Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Aligátores espalham terror na Florida

As autoridades florestais da Florida têm em curso uma caçada de grande magnitude para tentar localizar os aligátores (espécie de crocodilo) responsáveis pela morte de duas mulheres durante o fim-de-semana naquele estado norte-americano.
16 de Maio de 2006 às 00:00
 Sucessão de ataques preocupa
Sucessão de ataques preocupa FOTO: d.r.
As últimas mortes elevam para três o número de vítimas de aligátores nos últimos sete dias, o que causa preocupação e estranheza, uma vez que desde 1948 há apenas notícia de 17 vítimas mortais daqueles répteis.
A última vítima é Annemarie Campbell, de 23 anos, que foi atacada numa zona recreativa de Lake George enquanto fazia mergulho. O corpo foi recuperado por familiares que testemunharam o ataque mortal.
Antes disso, o corpo de Judy W. Cooper, de 43 anos, foi encontrado num canal a norte de Pinellas County. Os resultados preliminares da autópsia indicam que foi também um ataque de aligátor a causa da morte.
O primeiro caso foi revelado quarta-feira depois de trabalhadores de construção civil localizarem num canal de Fort Lauderdale o corpo desmembrado de Yovy Suarez Jimenez, de 28 anos.
Yovy praticava jogging num trilho para bicicletas traçado ao longo do canal quando foi atacada. No sábado foi capturado um aligátor de quase três metros de comprimento que se pensa ser o responsável pela morte da jovem.
Desconhece-se até ao momento o porquê da série de ataques.
Ver comentários