Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Alunos de colégio espanhol pedem abolição de saias nos uniformes femininos

Alunas queixam-se do frio e pedem uma mudança nos seus trajes escolares.
25 de Maio de 2019 às 20:41
Rapariga
Rapariga FOTO: Getty Images
Saia para as meninas, calças para os meninos? Atualmente esta questão pode já nem nos passar pela cabeça, no entanto, num colégio em Madrid, Espanha, as alunas lutam para que possam usar calças em vez de saias nos seus uniformes escolares. 

Cerca de 320 crianças - meninos e meninas - da escola Santa María de la Hispanidad 
assinaram uma carta "há alguns meses" a pedir que as meninas pudessem usar calças nos seus uniformes. 

Segundo o diretor, Pablo Carbajo, ao jornal espanhol El País, o pedido não está relacionado com questões de sexismo, mas sim devido ao frio. 

No entanto, à Cadena Ser algumas alunas queixaram-se de que a saia as deixava desconfortáveis e que se sentem observadas. As menores protestam porque as saias levantam com o ar, algumas têm complexo físico ou porque não conseguem correr à vontade. 

"Quando recebemos a proposta, a o conselho escolar avaliou e decidiu adiar a decisão até 21 de junho, quando chega o final do curso", alegou o diretor Carbajo.

As famílias dos alunos apoiam a petição e chegam mesmo a assiná-la.
 "Este pedido das crianças é muito importante e devemos levar isso em conta", diz uma das mães dos alunos.

"As meninas vêem como discriminatório o fato de não poderem usar calças compridas, há muitas atividades na escola que não conseguem fazer como o resto de seus colegas", explica.

A escola, que no seu site se define como uma defensora de "uma educação na moral cristã e valores humanos", diz que em nenhum momento pretenderam "restringir a liberdade dos menores".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)