Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Alunos defendem professora suspensa por fotografia sexy

Docente gera polémica ao partilhar foto considerada "provocante" nas redes sociais.
Pedro Zagacho Gonçalves 30 de Março de 2017 às 19:58
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'
Lydia Ferguson, de 39 anos partilhou uma fotografia em que surge de vestido branco deitada na cama. A fotografia foi considerada 'inapropriada'

Uma professora inglesa, que leciona na escola secundária de Ousedale, em New Pagnell, no Reino Unido está a dar que falar depois de ter sido suspensa pela direção da escola, por ter publicado uma fotografia considerada "provocante" nas redes sociais. Lydia Ferguson, de 39 anos, considera-se vítima de uma injustiça e tem nos seus alunos os seus maiores defensores.

O momento em que Lydia é acusada de mostrar fotografias "ousadas" e "provocantes" pela direção foi captado pelos alunos, que filmaram todo o processo até a professora ser encaminhada para fora do recinto escolar.

A inglesa, que é casada e mãe de três crianças, refuta as acusações e defende que as suas fotografias não têm nada de "sedutor ou inapropriado". Por sua vez, os alunos criaram uma petição online chamada "Queremos a professora Ferguson de volta", que contava já com largas centenas de apoiantes.

"Não achamos que as fotografias tenham algo de mal. É uma professora brilhante, que ajuda alunos vítimas de bullying. Faz tudo para nos ajudar e todos os alunos ficaram tristes com a sua suspensão", explicam alguns alunos de Lydia.

A diretora da escola, Sue Carbert, não quis comentar o caso. "Se temos algum problema com um membro do pessoal docente, esse assunto não será discutido com os estudantes. Temos conhecimento de rumores e queixas, mas as conclusões que estamos a tirar têm por base factos", conclui.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)