Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Amanda Knox não viaja para novo julgamento

Norte-americana não estará presente na repetição do julgamento da morte de Meredith Kercher.
26 de Agosto de 2013 às 15:59
Amanda Knox tem atualmente 26 anos
Amanda Knox tem atualmente 26 anos FOTO: Reuters

A norte-americana Amanda Knox não irá regressar a Itália para o novo julgamento da morte da sua colega de quarto, Meredith Kercher, em 2007.

"Não estará presente no novo julgamento. A sua presença não é requerida e ela nunca aceitou estar presente", referiu o advogado de Knox, David Marriott, à agência AFP.

Amanda Knox cumpriu quatro anos de cadeia, depois de ter sido condenada a uma pena de 26 anos. Em outubro de 2011, ela e o ex-namorado, Raffaelle Sollecito, foram absolvidos do crime de homicídio, após recurso.

Em março deste ano, o Supremo Tribunal Italiano ordenou novo julgamento.

A decisão foi anunciada depois do procurador ter pedido a anulação da sentença que absolveu Amanda, agora com 26 anos. "Neste julgamento, o juiz perdeu-se", afirmou o procurador Luigi Riello, instando o tribunal a aceitar os pedidos do Ministério Público e da família de Meredith Kercher, justificados por falhas e aspetos centrais do caso que não foram explicados.

Meredith Kercher foi encontrada morta, em novembro de 2007, no apartamento que dividia com Amanda Knox, em Perugia. O corpo da estudante britânica estava seminu, coberto por sangue e apresentava mais de 40 feridas, incluindo um golpe profundo na garanta. A acusação sustentou que Meredith recusou participar num jogo sexual, alimentado por drogas e álcool. Terá então sido violada por Rudy Guede, que acabou por ser detido na Alemanha, enquanto era segurada por Raffaele e Amanda, que terá desferido o golpe mortal.

amanda knox morte homicídio itália julgamento tribunal eua meredith kercher
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)