Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Amazon pede a funcionários que apaguem aplicação TikTok dos telemóveis mas volta atrás na decisão

Multinacional norte-americana admitiu que foi enviado um email por engano aos trabalhadores.
Correio da Manhã 11 de Julho de 2020 às 00:32
TikTok
TikTok FOTO: Reuters

A Amazon pediu esta sexta-feira aos seus funcionários que excluam a aplicação TikTok dos seus telemóveis. Mas quase cinco horas depois, a empresa norte-americana voltou atrás e admitiu que o email foi enviado por engano aos trabalhadores.

Segundo o jornal The New York Times, a Amazon colocou em causa a segurança da aplicação de vídeo chinesa, e acabou por pedir aos funcionários que desinstalassem o aplicativo em qualquer dispositivo que acedesse ao email da empresa. No entanto, tudo não passou de um engano.

Num comunicado divulgado esta sexta-feira, a porta-voz da empresa, Kristin Brown, garantiu que "não há mudanças" nas políticas da multinacional "em relação ao TikTok".

Devido às tensões entre os EUA e a China com as questões comerciais e tecnológicas, a aplicação chinesa tem sido alvo de elevado escrutínio por parte de Washington relativamente a questões de segurança.

O secretário de Estado, norte-americano, Mike Pompeo, tornou já publico a possibilidade de bloquear alguns aplicativos chineses que coloquem em causa "a segurança nacional".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)