Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Ameaça da ETA

Pernando Barrena, dirigente do ilegalizado Batasuna, assegura que o processo iniciado com o anúncio do cessar-fogo da ETA está “numa fase muito delicada”, uma vez que o PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol) e o governo de Madrid estão a bloquear o processo de paz ao quererem apenas o desarmamento da organização terrorista basca ETA.
29 de Maio de 2006 às 00:00
Barrena frisou de novo, em entrevista publicada no diário ‘Gara’, que, “sem mesa de partidos, não há processo de paz e sem o Batasuna, não há mesa de partidos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)