Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

AMEAÇA TERRORISTA ENSOMBRA BULGÁRIA E POLÓNIA

Um grupo desconhecido que se diz vinculado à Al Qaeda lançou, esta quarta-feira, fortes ameaças à Bulgária e à Polónia, caso os dois países não ordenem a retirada das suas tropas estacionadas no Iraque, integradas na coligação internacional liderada pelos EUA.
21 de Julho de 2004 às 15:37
O grupo, denominado Al Tawhid Islamique, lançou uma mensagem a partir de um site árabe. O grupo afirma integrar a organização da Al Qaeda na Europa, no entanto, a mensagem não recebeu ainda qualquer confirmação oficial da sua atenticidade.
"Pedimos pela última vez que retirem as vossas tropas do Iraque (...), senão transformaremos a Bulgária em mares de sangue", pode ler-se na mensagem. O texto acrescenta ainda que "o governo búlgaro cruzado, aliado dos americanos (...) só conhece a linguagem do sangue que se derramará, como ocorreu em Espanha, Washington e Nova Iorque".
O grupo pede também à Polónia e "em particular ao primeiro-ministro Marek Belka, para retirar as suas tropas de invasão ou pagar o preço disso".
A Bulgária dispõe no Iraque de um contingente de 470 homens que, sob o comando polaco, estão encarregues de garantir a segurança de Kerbala, cidade santa xiita a sul de Bagdad. A Polónia, aliada de Washington desde o início da crise iraquiana, administra uma das quatro zonas militares do Iraque, à frente de uma divisão de cerca de 6.500 homens, entre os quais 2.500 soldados polacos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)