Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Americano mata cinco pessoas, fere uma e suicida-se

Um homem de 73 anos matou a tiro, nesta sexta-feira, cinco pessoas e feriu gravemente outra, em Yuma, uma cidade do estado norte-americano do Arizona.
3 de Junho de 2011 às 13:56
Divórcio esteve na origem da tragédia
Divórcio esteve na origem da tragédia FOTO: Arquivo CM

Carey H. Dyess vivia Wellton, uma cidade relativamente perto Yuma. A polícia não identificou as vítimas mas acrescentou, segundo o jornal 'Arizona Republic', que estavam todos relacionados ao crime, que teve a sua origem num divórcio.

 

“Este não foi um acto aleatório”, comentou Jerry Geier, o chefe da polícia de Yuma, acrescentando que “ todas as vítimas eram alvo”.

“Todas estas pessoas o conheciam”, continuou. 

 

Uma das vítimas foi o advogado que representou a ex-mulher do atirador no processo de divórcio, em 2006. Dois anos mais tarde, houve uma disputa entre o casal sobre bens e, em 2010, o tribunal decidiu a favor da sua mulher, que passou proprietária dos bens em disputa.  

 

De acordo com as autoridades, o homem suicidou-se horas mais tarde.

Arizona EUA Arizona Matar Tiro Yuma Carey H. Dyess Jerry Geier
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)