Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

ANNAN LEVOU A ANGOLA MENSAGEM DE ESPERANÇA

O secretário-geral das Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, terminou ontem a sua visita de três dias a Angola, onde anunciou a disponibilidade da comunidade internacional para ajudar o carenciado povo angolano.
27 de Agosto de 2002 às 22:47
Annan esteve no relançamento da Comissão Conjunta que deverá supervisionar a aplicação do Protocolo de Lusaca e que se seguiu ao acordo alcançado no Luena entre o governo angolano e a UNITA.

Discursando naquela que foi a primeira reunião plenária em quatro anos do referido órgão, presidido pelas Nações Unidas e em que têm assento o governo angolano, a UNITA e a “troika” de observadores do processo de paz (Portugal, Rússia e EUA), Annan salientou as potencialidades da democracia no sentido de evitar o regresso às armas.

“Quando uma sociedade passa pela experiência que vocês viveram, é importante, quando houver essa possibilidade, reconstruir sobre uma base sólida para se trabalhar no desenvolvimento e fortalecer as instituições democráticas", sustentou, apelando à consolidação da paz e ao trabalho pela prosperidade do país.

Annan revelou ainda que o novo chefe da missão da ONU em Angola será anunciado nos próximos dias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)