Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Antigo governante do México acusado de desviar 50 milhões de dólares

José Manuel Saiz é acusado de lavagem de dinheiro e fraude bancária, juntamente com a mulher e de um associado.
27 de Maio de 2017 às 07:20
México
México FOTO: Getty
Um antigo governante de um Estado do México foi acusado nos EUA de aplicar no país 50 milhões de dólares (44,7 milhões de euros) de fundos ilícitos em propriedades e contas bancárias.

A acusação revelada esta semana inclui a notícia da apreensão de sete propriedades em Nova Iorque, Miami, Los Angeles e Houston ligadas a José Manuel Saiz.

Saiz, que foi secretário das Finanças do Estado mexicano de Tabasco, de 2007 a 2012, durante o Governo de Andres Granier Melo, é acusado de lavagem de dinheiro e fraude bancária, juntamente com a mulher e de um associado.

Melo está preso do México, acusado de desvio de milhões de dólares dos cofres do Estado e tem negado as acusações.

Saiz está também detido no México, onde enfrenta acusações de enriquecimento ilícito.

As autoridades norte-americanas detiveram na quarta-feira a mulher de Saiz, na sua casa de Houston.
Ver comentários