Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Antigo Primaz da Bélgica pede asilo à Santa Sé

O antigo Primaz da Bélgica e bispo de Brugges, Roger Vangheluwe, pediu asilo diplomático à embaixada da Santa Sé em Bruxelas, depois de ter sido anunciado que não será julgado num caso de pedofilia.
9 de Abril de 2011 às 15:20
Roger Vangheluwe terá cometido crimes há mais de 30 anos
Roger Vangheluwe terá cometido crimes há mais de 30 anos FOTO: d.r.

Segundo a imprensa belga, o prelado tem a intenção de deixar o país nos próximos dias, face à pressão social gerada depois de se ter sabido que os factos tinham prescrito, noticia este sábado o jornal ‘Het Laayste Nieiws’.   

Na semana passada o procurador encarregue do caso anunciou que o antigo Primaz não teria de responder perante a justiça porque os factos tinham ocorrido há mais de 30 anos.  

Vangheluwe, de 74 anos, é acusado de ter abusado de uma menor, à qual, segundo alguns meios de comunicação social, terá pago para que não o denunciasse até que o delito se tornasse prescrito.  Desde então o religioso encontra-se retirado numa abadia da Flandres, enquanto várias vozes pedem também que seja excomungado.  

O caso Vangheluwe foi um dos que foi investigado pela Comissão Adriaenssens, a pedido da conferência episcopal belga.

roger vangheluwe bélgica pedofilia primaz santa sé asilo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)