Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

António Costa espera acordo em julho sobre taxação mínima das multinacionais e do digital

Objetivo é "desbloquear as negociações em curso e podermos avançar para haver uma situação sólida do ponto de vista financeiro também na União Europeia".
Lusa 22 de Maio de 2021 às 15:52
António Costa é primeiro-ministro desde novembro de 2015
António Costa é primeiro-ministro desde novembro de 2015 FOTO: Lusa
O primeiro-ministro considerou este sábado que a reunião do G20, em julho, é uma oportunidade única para que haja um acordo internacional alargado em torno da taxação mínima das multinacionais e das empresas do digital.

António Costa assumiu esta expectativa numa conferência de imprensa conjunta com o vice-chanceler e ministro das Finanças da Alemanha, Olaf Scholz, em São Bento.

"A reunião de julho do G20 é uma oportunidade muito importante - diria mesmo, única - para podermos ter um acordo político alargado, tendo em vista desbloquear as negociações em curso e podermos avançar para haver uma situação sólida do ponto de vista financeiro também na União Europeia", declarou o líder do executivo português.

António Costa G20 economia negócios e finanças
Ver comentários